Dez Fatos Importantes Sobre os Reinos

Os pontos a seguir descrevem as maiores mudanças no mundo de Toril desde a edição anterior do cenário de campanha de FORGOTTEN REALMS. Se você já está familiarizado com o cenário, isso resumirá os maiores eventos do mundo desde 1374 CV, o Ano das Tempestades Elétricas. Caso você conheça esse cenário, essas informações lhe apresentarão o prelúdio básico que todos os habitantes desse cenário já conhecem.

cov_43-2.jpg

1. Cerca de 100 anos se passaram no mundo, desde a edição anterior do cenário de campanha. O ano atual é 1479 CV, o Ano do Eterno.

2. A praga mágica alterou drasticamente todo o cosmos. Ela surgiu em 1358 (o Ano da Chama Azulada), resultado direto da magia selvagem incontrolável causada pela morte da deusa Mystra. Países inteiros se foram, especialmente nas regiões ao sul do Mar das Estrelas Cadentes. Até mesmo áreas familiares se tornaram mágica e de aparência fantástica. Ilhas de rocha chamados Topo de Terra singram nos céus. Torres estranhas e picos de pedra brotaram na paisagem. Abismos e cataratas espetaculares estão em toda a parte.

Tudo o que havia serviu de alimento para a fome insaciável da Praga Mágica – ela atacou a carne, pedra, magia, espaço e muralhas dimensionais, transformando tudo em seu caminho. Até mesmo o cosmos além de Toril foi afetado. Alguns reinos antigos, que muitos pensaram estar desaparecidos para sempre (como a Agrestia das Fadas), retornaram e planos inteiros (como o Abismo) tiveram sua estrutura cósmica alterada para algo inteiramente novo.

3. Partes de Abeir se fundiram com Toril. A Praga Mágica foi além das fronteiras planares e o mundo gêmeo, esquecido a muito e exilado por dezenas de milênios, também foi afetado pela voragem. Grandes partes de Faerûn trocaram de lugar com porções equivalentes de Abeir, trazendo consigo suas populações. Ao longo do Mar Sem Rastros, todo continente desse reino esquecido ressurgiu, agora chamado de Abeir Regresso.

4. O número de divindades caiu drasticamente. Durante o último século, até mesmo os deuses sucumbiram diante de conspirações diabólicas, divinas e ao caos da Praga Mágica. Daqueles que estão ausentes, muitos morreram, alguns sumiram e outros se revelaram como aspectos de divindades existentes. Também houve aqueles que perderam tanto poder que se tornaram exarcas, divindades menores que servem a outros deuses.

5. A praga mágica deixou sua marca nas criaturas. Alguns efeitos da Praga Mágica persistem até hoje, especialmente nas chamadas Terras da Praga onde a magia selvagem ainda reina desenfreada. Depois de visitarem as Terras da Praga, algumas criaturas exibem marcas físicas chamadas de marca primordial. Os indivíduos, agora chamados de estigmas arcanos, desenvolvem habilidades únicas – mas não sem antes pagarem um preço alto por isso.

As vítimas da Praga Mágica original foram terrivelmente alteradas, não apenas deformadas; sua carne se desfigurou de forma inimaginável. As habilidades dos estigmas arcanos, embora únicas, nunca chegam a ser tão monstruosas e poderosas quanto às das criaturas praga-alteradas. Felizmente, esses monstros são poucos e apenas alguns constituem ameaças com livre arbítrio e se deslocam pelo continente.

6. Cataclismos titânicos no Subterrâneo alteraram a superfície de Faerûn. Conforme a terra sucumbiu, o nível e a posição do Mar das Estrelas Cadentes mudaram drasticamente. Uma enorme abertura no Subterrâneo se formou ao sul da floresta Chondal. Além desse buraco no solo, do tamanho de um reino, as mudanças subterrâneas tornaram o Subterrâneo muito mais acessível ao mundo da superfície e vice-versa.

7. Os mortos-vivos de Thay se tornaram uma ameaça. As antigas terras dos Magos Vermelhos agora estão sob o controle de um único regente insano: Szass Tam. Ele quase consegui executar um ritual que o tornaria uma entidade imortal, mas fracassou. Ainda assim, seus experimentos transformaram Thay em uma terra de pesadelo e morte. Agora, o regente pretende expandir as fronteiras do reino para que possa executar o ritual novamente.

8. O antigo império de Netheril foi restaurado. Os doze príncipes de Obscura governam em sua cidade-capital, o Enclave de Obscura, um uma terra recuperada recentemente no deserto do Anauroch. Netheril voltou a ser uma potência e uma ameaça a todos os reinos do norte.

9. As linhagens ancestrais dos elfos retornaram a Faerûn. Com o ressurgimento da Agrestia das Fadas, seus nativos voltaram a explorar o mundo. Esse povo fada se intitula coletivamente como os eladrin e muitos elfos faerûnianos também adotaram essa designação por conta de sua linhagem, embora eles não tenham esquecido suas distinções e nomes tradicionais e culturais. Na boca do povo, os “elfos” constituem coletivamente em dois ramos o povo fada: elfos e eladrin.

10. A maioria dos portais não funcionam mais. O rompimento da trama destruiu a maior parte dos portais que cruzavam Toril, ao mesmo tempo em que acabou com o conhecimento duramente adquirido pelos conjuradores arcanos. Embora os arcanistas tenham readquirido seus ofícios desde a epidemia da Praga Mágica, a maioria dos portais permanece inativo ou funcionando precariamente, como relíquias corrompidas de um passado lendário.

Dez Fatos Importantes Sobre os Reinos

A Lenda de Anadia diegoaraujo02